Descobrir a oração de intercessão

Version imprimable PDF version Partager sur Twitter Partager sur Facebook

INTENÇÃO GERAL: Senhor, deste-nos Maria como Mãe e modelo para as nossas famílias. Ajuda-nos a fazer da nossa família um lugar onde reinem o amor, a paz e a alegria. Que cada um seja amável, gentil, atencioso, paciente. Onde cada um não veja senão o bem nos outros. Que os esposos permaneçam repletos de ternura um pelo outro. Que nos mantenhamos unidos, quer nas alegrias quer nas tristezas, graças ao poder da oração. Que a oração esteja no coração da nossa família. Que possamos ser profundamente contemplativos, intensamente eucarísticos, e vibrantes de alegria. 

Com o Papa Francisco: «que as famílias em dificuldades recebam o apoio necessário e que as crianças possam crescer num ambiente saudável e com serenidade.»

 

“Que eles rezem... por cada casal e, de modo especial, pelos que, em  particular, contam com eles”. 
Pe. Henri Caffarel.

Meditação pai Marcovits

Rainha do céu alegrai-vos! Aleluia!
R. Porque quem merecestes trazer em vosso seio. Aleluia!
V. Ressuscitou como disse! Aleluia!
R. Rogai a Deus por nós! Aleluia!
 
Esta antífona à Virgem Maria, provavelmente composta pelo Papa Gregório V (996-998), é cantado em Roma no domingo de Páscoa. Desde o século XII que o costume se espalhou por toda a Igreja de substituir, durante o tempo Pascal,o Ângelus pelo Regina Caeli (Rainha do Céu).
Quem reza esta antífona? Nós é claro! Embora, em nosso estado de peregrinos nesta terra, nós andamos por caminhos dolorosos, mas também sobre os caminhos de alegria, serenidade, paz... Para que a paz de Deus esteja presente em nossos corações mesmo que as dificuldades existam. Nós cantamos esse hino neste tempo litúrgico da Páscoa, onde afirmamos com muita alegria a ressurreição de nosso Salvador.
A quem é endereçada esta antífona? À Virgem Maria, especialmente sob o título de "Rainha do Céu ''. No tempo Pascal, (e no dia em que os mistérios gloriosos são rezados), contemplamos Maria na glória da sua Assunção e na beleza de sua coroação. A rainha é sempre considerada como a pessoa mais próxima do rei e, portanto, tem uma influência decisiva sobre o seu coração, o seu propósito, suas decisões. Por isso, é para ela que nos voltamos com esperança, com a certeza que não iremos nos decepcionar.
"Rainha do Céu, alegrai-vos, aleluia! "É claro, que ela se alegra no céu! Não só, mas também esta palavra pode tocá-la profundamente porque estas são as primeiras palavras do anjo Gabriel, que foi enviado a Nazaré, anunciando que ela seria a mãe do Salvador. Assim é feita a ligação entre a terra e o céu: a história da Virgem Maria está contida nestas palavras: a alegria de cumprir a encarnação na eternidade do céu. Mistérios da Alegria.
Mas a antífona insiste. "Porque o Senhor que merecestes trazer em vosso seio, Aleluia!” Maria recebe o 'Título' de "Mãe de Deus". Maria recebeu Jesus na manjedoura, e também quando seu filho é descido da cruz. Maria é Nossa Senhora das Dores. “Em latim, afirma-se que este título ela o mereceu usar”. Aqui é declarada a fé de Maria. Quando com José, que carregava seu filho ao templo, Simeão anunciou-lhe a cruz. Maria guardava todas estas coisas no seu coração, isto é, na fé. Mérito da fé. Mistério Doloroso.
E a antífona contínua: "... Ele ressuscitou, como Ele havia dito, Aleluia!O “como Ele havia dito” é importante. Três vezes Jesus anunciou aos discípulos a sua paixão e ressurreição. Maria continua a meditar enquanto em seu coração, nada entende. Ela acredita, antes de ver. No céu ela vê. Mistério Glorioso.
E a antífona termina. "Ore a Deus por nós, Aleluia!"Todo o rosário para esta finalidade. Nós nos confiamos pessoalmente, e aos nossos entes queridos, e aqueles que são dados a nossa intercessão. Com a Virgem Maria, por ela, o mundo está presente em nossos corações diante de Deus, e nós lhe oferecemos, na esperança de conhecê-lo na glória da ressurreição.

Pe. Paul-Dominique Marcovits, o.p.
Conselheiro Espiritual dos Intercessores 

Ler a Carta aos Intercessores

2017: N°158 Abril 2017 - N°157 Janeiro 2017

2016: N°156 Outubro 2016 - N°155 Julho 2016N°154 Abril 2016 - N°153 Janeiro 2016 

2015: N°152 Outubro 2015N°151 Julho 2015 - N°150 Abril 2015

A intercessão não é uma especialidade, um estado místico particular.
É a experiência de todo cristão que participa da oração do Senhor.


Oração de comunhão, pelo Espírito, com a vontade do Pai, que quer que todos sejam salvos.
Oração atenta à salvação de todos, à cura de todas as feridas, tanto as mais escondidas e secretas, como as mais visíveis, no sopro do Espírito Santo.
Oferecimento da nossa vida, com Cristo, em favor dos irmãos e das irmãs, os mais próximos e os mais distantes. 

Oração dos intercessores

Deus, nosso Pai, vós nos enviastes vosso Filho amado, para a salvação do mundo.
Sentado agora à vossa direita, 

Ele não cessa de interceder por todos  os seus irmãos humanos. 
Movidos pelo Espírito Santo, queremos unir-nos à sua oração, para a salvação de  todos. 
Que sacerdotes e casais sejam fiéis a seus compromissos, a serviço da comunhão na Igreja, irradiando o amor que colocastes em seu coração. 
Que todos os vossos filhos, em todo o mundo, descubram a felicidade que nos dais e vivam com respeito e dignidade, na alegria e na paz. 
Deus, nosso Pai, por intercessão de Nossa Senhora e de todos os Santos concedei-nos a nós, que somos intercessores junto a vós, realizar nosso serviço de intercessão, por amor a vós e a todas as pessoas.

Amém. 

→ Download de oração.