Descobrir a oração de intercessão

Version imprimable PDF version Partager sur Twitter Partager sur Facebook

INTENÇÃO GERAL: Senhor, deste-nos Maria como Mãe e modelo para as nossas famílias. Ajuda-nos a fazer da nossa família um lugar onde reinem o amor, a paz e a alegria. Que cada um seja amável, gentil, atencioso, paciente. Onde cada um não veja senão o bem nos outros. Que os esposos permaneçam repletos de ternura um pelo outro. Que nos mantenhamos unidos, quer nas alegrias quer nas tristezas, graças ao poder da oração. Que a oração esteja no coração da nossa família. Que possamos ser profundamente contemplativos, intensamente eucarísticos, e vibrantes de alegria. 

Com o Papa Francisco: «que as famílias em dificuldades recebam o apoio necessário e que as crianças possam crescer num ambiente saudável e com serenidade.»

 

“Que eles rezem... por cada casal e, de modo especial, pelos que, em  particular, contam com eles”. 
Pe. Henri Caffarel.

Meditação pai Marcovits

A compaixão da Virgem Maria

No dia seguinte à festa da Cruz Gloriosa, a 14 de Setembro, fazemos memória da Compaixão de Maria. Se o título oficial é o de Nossa –Senhora das Dores, o de Nossa-Senhora da Compaixão é também muito antigo e muito evocativo. Maria não é de modo algum estranha ao que o Filho de Deus vive na cruz. Ela, que é «aquela que acreditou», compartilha o que o seu filho vive. Pela graça do Espírito Santo, que a acompanha passo a passo, Maria está ao pé da cruz e, por amor a Deus e aos homens, une-se ao sacrifício de Jesus para a glória de Deus e a salvação do mundo. O que dizer? Quando Jesus lhe dá João para seu filho, Ele faz dela a mãe de todos aqueles que nascerão para a vida nova em sua morte e ressurreição, Ele faz dela a Mãe da Igreja, a mãe de todos os videntes.

A compaixão dá-nos, a nós, viver segundo a graça de Deus e, de acordo com a nossa fé, na esteira de Maria, isto é, ser também «mãe» para os outros, uma mãe que não deseja senão dar vida aos outros, vida que vem de Deus, vida que transfigura toda a tristeza, toda a doença e também toda a alegria. A compaixão implica que desejemos dar-nos, dar o que temos em nós: a vida de Deus, fonte de toda a luz. São Francisco de Assis dizia aos seus irmãos: «sede mães de uns para os outros». Ele dizia isto certamente para que houvesse mais delicadeza, mais atenção, mais ternura, mas mais ainda, Francisco dizia isso para que tudo, em nós, fosse fonte de fecundidade, para que os nossos irmãos e irmãs passassem da morte à vida. Fecundidade de Maria, fecundidade da Igreja e também fecundidade nossa.

Intercessores junto de Deus, a nossa compaixão, levada pela nossa comunhão com os sofrimentos dos outros, tem uma só finalidade: que possamos, nós e eles em conjunto, participar na Ressurreição do Senhor.

Pe. Paul-Dominique Marcovits, o.p., Conselheiro Espiritual dos Intercessores 

Ler a Carta aos Intercessores

2018: N°163 Julho 2018 -N°162 Abril 2018 - N°161 Janeiro 2018

2017: N°160 Outubro 2017 - N°159 Julho 2017 - N°158 Abril 2017 - N°157 Janeiro 2017

2016: N°156 Outubro 2016 - N°155 Julho 2016N°154 Abril 2016 - N°153 Janeiro 2016 

2015: N°152 Outubro 2015N°151 Julho 2015 - N°150 Abril 2015

A intercessão não é uma especialidade, um estado místico particular.
É a experiência de todo cristão que participa da oração do Senhor.


Oração de comunhão, pelo Espírito, com a vontade do Pai, que quer que todos sejam salvos.
Oração atenta à salvação de todos, à cura de todas as feridas, tanto as mais escondidas e secretas, como as mais visíveis, no sopro do Espírito Santo.
Oferecimento da nossa vida, com Cristo, em favor dos irmãos e das irmãs, os mais próximos e os mais distantes. 

Oração dos intercessores

Deus, nosso Pai, vós nos enviastes vosso Filho amado, para a salvação do mundo.
Sentado agora à vossa direita, 

Ele não cessa de interceder por todos  os seus irmãos humanos. 
Movidos pelo Espírito Santo, queremos unir-nos à sua oração, para a salvação de  todos. 
Que sacerdotes e casais sejam fiéis a seus compromissos, a serviço da comunhão na Igreja, irradiando o amor que colocastes em seu coração. 
Que todos os vossos filhos, em todo o mundo, descubram a felicidade que nos dais e vivam com respeito e dignidade, na alegria e na paz. 
Deus, nosso Pai, por intercessão de Nossa Senhora e de todos os Santos concedei-nos a nós, que somos intercessores junto a vós, realizar nosso serviço de intercessão, por amor a vós e a todas as pessoas.

Amém. 

→ Download de oração.